slideshow

12 de junho de 2013

2 anos de NPDL.


Deus, 11 de dezembro vai ser sempre para mim uma data inesquecível, na verdade eu acabei esquecendo mas foi algo que, não foi proposital, se de alguma forma não estivesse com a cabeça cheia de problemas, eu não teria esquecido que ontem, dia 11 o NPDL acabará de completar dois anos de existência. Isso mesmo, e é este o momento que a gente para pra reparar que, eu fui capaz de manter algo por durante todo esse tempo, dois anos!! Eu desde o inicio achei que não seria capaz de manter algo por muito tempo e que eu simplesmente, iria desistir dele logo no inicio, para quem já teve um blog um dia, deve saber ou percebe o quanto é difícil manter algo por tanto tempo. 

Ter momentos em que sua vontade é desistir, deletar e esquecer tudo, mas quando você vê pessoas gostando do que você faz e percebe que completou a sua meta, que você conseguiu agradar e fazer as pessoas gostarem do seu trabalho, é a melhor coisa do mundo. Embora eu esteja um pouco sumida, sem novidades para post, eu peço desculpas por isso, prometo aparecer de novo e manter as coisas ativas por aqui novamente, só estou tentando organizar a minha vida. Mas meus problemas não devem ser motivos para me afastarem de vocês, leitores, novos ou até mesmo os antigos, graças a vocês eu sou uma blogueira feliz e que tem o prazer de manter algo, algo que mudou muito com o tempo e aprendeu bastante também. 

Pode parecer clichê esta frase, mas eu torço mesmo, para que eu mantenha o NPDL, que continue falando sobre livros, séries e entre outros assuntos, que agradam a mim e a vocês como sempre, em primeiro lugar. Espero poder passar mais um ano, dois anos ou mais que isso, por que esta sensação que eu estou sentindo, é a melhor coisa do mundo, é felicidade total. Obrigada a todas vocês, sem vocês não seria nada.

3 comentários:

  1. Parabeśn, Tainá. Mtas realizações, sucesso e crescimento com o blog. Bjs
    http://radarmexeriqueiro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. YEY! Feliz aniversário pro NPDL! ♥ Muito sucesso e que venha mais e mais anos, Tainá!

    ResponderExcluir